release-management

Release Management: saiba como realizar e quais os seus benefícios

Sharing is caring!

Desenvolver um software pode ser um processo bastante complexo. Isso porque, além de escrever o código e garantir o alinhamento dos resultados com as expectativas dos clientes, é necessário realizar a gestão das versões desenvolvidas, das entregas e dos ajustes a serem feitos.

É aí que o Release Management entra como um grande aliado. Também conhecida por gerenciamento de lançamentos, trata-se de um processo de gestão do desenvolvimento de um software, incluindo todas as etapas necessárias para esse processo (como testes, suporte ao cliente, liberação de versões, entre outras).

Quer saber como funciona o Release Management e quais são os benefícios de implementá-lo? Continue a leitura e descubra!

O que é o Release Management, afinal?

Você já deve ter ouvido falar do ITIL — traduzido como Biblioteca de Infraestrutura de Tecnologia da Informação —, não é mesmo? Ele é um conjunto de boas práticas para a gestão eficiente do setor de TI. Nesse contexto, surge o Release Management como uma forma de gerenciar o desenvolvimento e as versões de um software.

Funciona da seguinte maneira: quando você está desenvolvendo um produto de TI, precisa criar uma primeira versão que, geralmente, chega até o cliente para o teste. Isso pode ser feito em um ambiente compartilhado, no qual as versões sejam liberadas para o cliente e seja possível a comunicação de falhas ou alterações a serem realizadas.

A partir do feedback e do funcionamento do produto, sua equipe precisa realizar alterações e testes até que você chegue ao resultado esperado, totalmente adequado às expectativas do cliente. Porém, caso não haja uma gestão eficiente ao longo desse processo, é possível que você e seu time se percam nas alterações e haja perda de dados ou partes do código ou erros não sejam corrigidos, gerando retrabalho e atrasos nas entregas.

O Release Management é uma forma de garantir a integridade do ambiente de desenvolvimento e a utilização do software pelo cliente. Ele garante a proteção do produto que está sendo desenvolvido e ainda auxilia na gestão dos componentes que serão liberados, de modo a evitar erros.

Trata-se, portanto, de uma maneira de planejar e controlar o desenvolvimento, o teste e a implementação das liberações e entregas do software ou de suas funcionalidades para os clientes. Assim, é possível proteger o que já foi desenvolvido.

O Release Management envolve os seguintes processos:

  • criar um cronograma e coordenar a liberação de versões para os clientes;
  • centralizar a gestão de todas as liberações de TI em um só lugar;
  • testar a aceitação das versões por parte dos clientes;
  • mensurar indicadores de erros e aceitação;
  • gerenciar os riscos relacionados ao cronograma de liberação.

Quais são os benefícios do Release Management?

Existem diversos benefícios relacionados à adoção do Release Management na sua empresa. Descubra a seguir quais são os principais.

Aumento da qualidade

O principal benefício da implementação do Release Management em um negócio é o aumento da qualidade dos produtos desenvolvidos para os clientes.

Isso porque, ao implementar a metodologia, é possível reduzir o número de erros nas liberações dos produtos para o consumidor final. Sem contar que você controla todas as liberações de forma a evitar que componentes ainda não testados sejam disponibilizados.

Assim, a versão do software está mais bem acabada quando chega ao cliente final, com menos erros e pronta para o uso e recebimento do feedback.

Redução dos riscos

Todo processo envolve uma série de riscos que devem ser identificados e prevenidos. Essa é uma das etapas do Release Management. Ou seja: com o processo, você é capaz de identificar quais são os riscos do desenvolvimento de software e liberação de versões para os clientes, buscando as melhores estratégias para evitar que se concretizem.

Agilidade no desenvolvimento

Ter uma equipe produtiva, capaz de gerar mais e melhores resultados para os clientes, é essencial ao sucesso do seu negócio, não é mesmo? Pois saiba que o Release Management pode ser um grande aliado nesse aspecto.

A metodologia melhora a gestão dos lançamentos para os clientes e agiliza o processo. Como resultado, o produto e seus componentes chegam de modo mais rápido ao cliente, dentro do prazo estabelecido ou até mesmo antes do que era esperado.

Maior padronização dos processos

O Release Management ajuda sua equipe de TI a padronizar todos os processos de desenvolvimento, teste e liberação de versões do software para os clientes. Isso porque você passa a conhecer todas as etapas das atividades e a entender quais são os gargalos de cada uma delas, além de como evitá-los.

Assim, é criado um processo de desenvolvimento e liberação de versões padronizado, para garantir que todos os colaboradores adotem as melhores práticas nesse aspecto.

Melhoria dos índices de satisfação do cliente

Quando você implementa o Release Management, é capaz de liberar versões mais rapidamente e com maior qualidade para seus clientes. Além disso, é possível mensurar e avaliar o feedback e a aceitação de cada um deles de forma a identificar quais são os pontos de melhoria para realizar correções ágeis e eficientes aos problemas encontrados.

Como consequência, há um aumento na satisfação dos clientes com sua empresa no geral. Isso faz com que você fidelize aqueles que já compram seus produtos e atraia mais consumidores para o seu negócio.

Como implementar o Release Management na sua empresa?

Agora que você já sabe o que é e como funciona o Release Management, além dos benefícios proporcionados ao seu negócio, é hora de descobrir como implementá-lo! Veja os passos:

  • planeje os lançamentos e crie um cronograma bem estruturado;
  • avalie os processos de TI da empresa e entenda quais são os melhores que você pode implementar;
  • crie um mapa dos processos com foco nos lançamentos para os clientes;
  • crie indicadores e metas em relação à satisfação do cliente;
  • estabeleça um canal de comunicação eficiente para garantir um bom fluxo de informações com a equipe.

Além disto, procure conhecer soluções (softwares) para ITSM. Com a velocidade atual do desenvolvimentos de sistemas, o volume de informações e processos a serem gerenciados pode rapidamente crescer e usar um software de gestão pode ajuda-lo a ser mais produtivo e assertivo.

Conclusão

Com este artigo, você conseguiu perceber que o Release Management é uma boa forma de melhorar a qualidade e produtividade no setor de TI da sua empresa, não é mesmo? Vale lembrar que o gerenciamento é uma boa prática de gerenciamento de serviços de TI e desta forma, você pode obter mais informações consultando a literatura sobre ITIL e ITSM. Além disso, busque por ferramentas que sirvam como suporte na implementação dos novos processos.

Gostou do artigo? Então, aproveite para descobrir tudo sobre o ITSM!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shares