Quadrante Mágico da Gartner para Sales Force Automation 2015

3 minutos para ler

A Gartner publicou o Quadrante Mágico do Sales Force Automation 2015 (Automação da Força de Vendas. Confira as principais soluções!

 

Os relatórios anuais da Gartner sobre o mercado de tecnologia são importantes, pois refletem as inovações e as mudanças que conduzem essa área. Um elemento importante desse relatório é o Quadrante Mágico, que mostra a posição relativa de cada concorrente no mercado de análises comerciais.

O Gartner define SFA – Sales Force Automation como aplicativos que “suportam a automação de atividades de vendas, processos e responsabilidades administrativas para profissionais de vendas de organizações B2B. As principais funcionalidades incluem gerenciamento de contas, contatos e oportunidades. Recursos adicionais adicionais se concentram em melhorar a eficácia de vendas dos vendedores. Entre esses recursos estão a configuração de vendas, vendas guiadas, geração de propostas e gerenciamento de conteúdo e suporte ao gerenciamento de desempenho de vendas, incluindo remuneração de incentivos, cota, treinamento de vendas e gerenciamento de territórios.”

Neste ano, a Gartner publicou em 9 de julho de 2015 o seu famosos Quadrante Mágico para Automação de Força de Vendas (Sales Force Automation ou SFA).

Confira o esquema gráfico divulgado pela Gartner:

Quadrante Mágico Gartner para Automação de Força de Vendas 2015
Quadrante Mágico Gartner 2015.

 

Analisando os resultados e comparando com o ano anterior, é possível identificar que o cenário continua parecido com 2014. Veja:

  • A liderança permanece com Dynamics CRM e Salesforce, com excelente visão e capacidade de execução.
  • Há um crescimento na capacidade de executar do Dynamics CRM Online e melhoria de visão do Salesforce.
  • Oracle, SAP Cloud for Sales e Sugar CRM permanecem como visionários (boa visão, mas com uma menor capacidade de execução).
  • SAP CRM e Netsuite permanecem como os únicos desafiantes (com boa capacidade de execução, mas visão incompleta).
  • Vemos a descontinuidade do Oracle Siebel.

Vale ressaltar que a Gartner não endossa nenhum fornecedor, produto ou serviço descrito em suas publicações de pesquisa e não aconselha os usuários de tecnologia a selecionar apenas os fornecedores com as classificações mais altas ou outra designação. O Gartner se isenta de todas as garantias, expressas ou implícitas, com relação a esta pesquisa, incluindo quaisquer garantias de comercialização ou adequação a uma finalidade específica.

Quer saber mais sobre esse relatório da Gartner? Acesse o relatório completo no link Analyst Coverage Awards do Dynamics CRM, ou acesse este post que traz um resumo sobre a Gartner, o quadrante mágico e como utiliza-lo para avaliar soluções para CRM.

Share and Enjoy !
Posts relacionados

Deixe um comentário