O que é SaaS e quais são os seus benefícios!

7 minutos para ler

Você deve se lembrar de quando só era possível obter um software para CRM por meio de CDs para instalação de software no computador, não é verdade? Pois bem, a mídia física tem o seu valor histórico, mas hoje são os serviços na nuvem que dominam o mercado, e é neste contexto que a pergunta “o que é SaaS?” se torna relevante.

Para que você tenha uma ideia, atualmente não é preciso nem mesmo fazer o download dos programas para o dispositivo, pois estamos diante de uma nova geração de soluções integradas à Cloud Computing.

Neste conteúdo, você entenderá o que é SaaS, como funciona esse tipo de serviço e quais os principais benefícios que ele pode oferecer aos negócios. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

 

O que é SaaS?

Software as a Service ou SaaS é o termo que define um formato no qual os softwares de computadores deixam de ser comercializados como produtos em prateleiras, com licenças perpétuas, para se tornarem um serviço. Ou seja, o usuário paga conforme utilizar a aplicação, já com a infraestrutura, sem gastar nada a mais por isso.

Ao adquirir um SaaS, você não precisa pagar pelo valor cheio da solução tecnológica, pois normalmente o uso é liberado a partir do pagamento de licenças + infraestrutura em planos mensais, semestrais, anuais ou pacotes que variam de acordo com o número de usuários, tipo de solução e capacidade contratada.

De forma simplificada, considere uma empresa que precisa de um software de produtividade, como o Office/Microsoft 365. No início, era preciso comprar mídias físicas, que já incluíam a licença de uso perpétua e instalar o Office no computador. Não havia flexibilidade para instalar em um outro tipo de dispositivo ou sistema operacional. Posteriormente, o meio físico foi substituído por download do software. Atualmente é possível utilizar o Office 365 a partir de um navegador, em vários tipos de dispositivos e sistemas operacionais, sem instalar nada. A infraestrutura está na nuvem, inclusive com soluções adicionais, como o OneDrive ou Sharepoint para armazenar documentos e o Teams para chat e conferência. Com as assinaturas, você também possui a disponibilidade de reduzir a quantidade de usuários, caso a equipe diminua. E finalizando, era muito caro comprar o Office. Hoje em dia, com assinaturas, o preço baixou bastante e o Office/Microsoft 365 se tornou muito mais acessível.

 

Como os serviços SaaS funcionam?

O formato SaaS só se tornou viável devido à evolução da internet, especificamente a computação em nuvem. Para entender melhor como funciona esse tipo de serviço, pense em como era antigamente: um programa era instalado no computador a partir de um CD ou de um download. A partir daí, era possível acessar o software e salvar os arquivos criados dentro do HD.

A única diferença do SaaS é que o programa roda diretamente de um servidor na Cloud, em vez de ser instalado no computador. Isto é, não é preciso instalar nada na máquina. Basta ter acesso à internet e logar com o seu nome de usuário e senha. Outro ponto positivo é que os arquivos são automaticamente salvos no mesmo servidor em que o programa está, ou seja, nada de preocupação com backups.

 

Quais são os principais benefícios de investir em SaaS?

Agora que você já sabe o que é SaaS e como funciona esse tipo de solução tecnológica, mostraremos quais são as principais vantagens que a sua organização pode usufruir desse formato.

 

Redução de custos

Para o mundo dos negócios, economizar recursos financeiros é o ponto que mais interessa e esse é um dos benefícios mais marcantes que o modelo SaaS tem a oferecer. Quando uma empresa compra um programa tradicional, deve pagar por um número fixo de usuários ou pelo valor cheio da licença. Caso o programa não atenda às expectativas ou falhe no processo de implementação, o cliente fica no prejuízo.

Com o SaaS é bem diferente, pois é possível pagar um valor mensal apenas durante o uso do recurso e a assinatura pode ser cancelada a qualquer momento, sem cobrança de multas ou taxas adicionais. Além disso, o número de usuários com direito ao acesso ao software pode ser aumentado ou diminuído a qualquer momento.

 

Estrutura de TI menor

Considerando que as aplicações rodam diretamente de servidores na nuvem, as máquinas da empresa não precisam ser tão robustas, para que a sua equipe de TI desenvolva um trabalho produtivo. Ou seja, não é necessário ter uma superinfraestrutura tecnológica. Tudo o que a organização precisa é de acesso à internet.

 

Acesso de qualquer lugar

Uma das premissas da Cloud Computing é o acesso à distância, isto é, a possibilidade de manusear recursos tecnológicos e acessar informações a qualquer hora e em qualquer lugar. Todos os dados ficam seguros e disponíveis na nuvem.

No contexto atual em que vivemos, ferramentas que permitem o trabalho remoto tem se tornado cada vez mais comuns nas empresas e essa é uma grande vantagem do SaaS para o mundo corporativo.

Por exemplo, software as a service, já está adaptado ao home office e acesso descentralizado.

 

Integração com outros sistemas

O processo de implementação de um novo software na organização pode ser bastante trabalhoso, especialmente se a empresa já possui outros sistemas. Mas as aplicações SaaS oferecem vários recursos para facilitar esta tarefa.

Dependendo do tipo de SaaS contratado, é possível fazer a integração com serviços de diretório (Active Directory – AD, por exemplo), redes sociais corporativas, Google Analytics, sistemas de ERP e CRM, entre tantos outros recursos, já que os provedores normalmente oferecem Interfaces de Programação de Aplicativo (API).

 

Atualizações Automáticas e mais segurança

Ter de se preocupar com atualizações em softwares comuns de computador é um dos processos burocráticos que toma tempo da equipe e consome a sua produtividade. Com o SaaS não há motivo para se preocupar com esse tipo de tarefa, já que os upgrades e atualizações de segurança são realizados pela desenvolvedora do sistema diretamente de seus servidores remotos. Você tem direito sempre a utilizar a última versão disponível.

Além disso, como já foi dito, a empresa não precisa se preocupar em fazer backups dos dados de tempos em tempos, já que o próprio programa faz cópias de segurança dos arquivos. Assim, o time pode focar nos projetos com mais eficiência, isto é, o core business do negócio, em vez de gastar tempo e energia com tarefas que podem facilmente ser automatizadas.

 

Elasticidade

É possível aumentar ou diminuir os serviços, conforme a necessidade. Por exemplo, imagine que você precise de mais capacidade de processamento durante uma determinada época do ano, como durante a Black Friday ou Natal. Muitos provedores permitem que se contrate capacidade adicional para estes picos, reduzindo a capacidade contratada posteriormente.

Como você pôde conferir neste artigo sobre o que é SaaS, esse formato tem se popularizado bastante no meio das empresas focadas em transformação digital devido às suas inúmeras vantagens. Por isso, a tendência é que esse formato se torne cada vez mais presente nas organizações.

Gostou deste conteúdo sobre o que é SaaS e quais as suas vantagens? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter para acompanhar todas as dicas e materiais informativos que postamos no blog!

Share and Enjoy !
Posts relacionados

Deixe um comentário