O que é PNL?

7 minutos para ler

Muito tem se falado hoje em dia sobre Programação Neurolinguística (PNL), mas o que é PNL? E de que forma ela pode nos beneficiar? Continue a leitura e descubra!

 

O que é PNL?

A PNL é um método desenvolvido por Richard Blender em conjunto com John Grinder, através da observação e de técnicas usadas por Virginia Satir, Alfred Korzybski, Milton Erickson, Fritz Perls, Gregory Bateson e Noam Chomsk. Podemos dizer que a PNL é a junção de diversas áreas do conhecimento, dentre elas psicologia, matemática, Neurociência e linguagem.

 

Um pouco de história

Na década de 70, Richard Blender estudava matemática na Universidade da California, em Santa Cruz e tinha um grande interesse por física e computação, e foi lá que ele conheceu John Grinder um professor de linguística. Mas o que matemática e computação tem a ver com Psicologia?

Bem, quem é programador sabe que por trás de um app bonitinho existe uma longa lista de códigos que são a linguagem utilizada para programar o software, como: C++, C#, Java… etc.

A mente humana funciona de forma semelhante, assim como um computador ela pode ser programada através de uma linguagem.

Precisamos entender que assim como um computador estamos recebendo dados a todo momento, fazemos isso através dos nossos sentidos, visão, audição, paladar, olfato e tato. Essa combinação sinestésica nos permite perceber o mundo de maneira única e individual, isso nos ajuda a criar nosso mapa da realidade, mas o que isso quer dizer?

Quer dizer que duas pessoas em uma mesma situação irão sentir, ver e ouvir coisas completamente diferentes, porque cada uma irá reagir de acordo com as suas próprias crenças, valores e experiências vividas.

 

Crenças

A PNL fala muito sobre crenças, que são ideias, pensamentos e percepções que temos como verdades absolutas e que são criadas no decorrer de nossa vida a partir da forma como enxergamos a nós mesmos e ao mundo a nossa volta. Para facilitar a compreensão desse conceito vamos usar a linguagem de programação como exemplo.

Se um código de uma programação estiver com um caractere errado, ele pode “bugar” o funcionamento de todo o sistema, o mesmo acontece conosco em relação as crenças que temos enraizadas em nossa mente.

Se uma pessoa acredita que é medrosa, ela vai seguir a sua programação e vai agir como uma pessoa medrosa, talvez até mesmo se esquive de situações que são boas oportunidades. É aqui que a frase de Henry Ford, faz todo o sentido “Se você pensa que pode ou se pensa que não pode, de qualquer forma está certo.”

Outro ponto sobre as crenças é que não existem crenças ruins ou boas, elas apenas são limitantes ou possibilitadoras, isso porque uma mesma crença em um contexto pode trazer um resultado bom e em outro um resultado negativo. Os resultados que temos na vida vêm das crenças que mantemos na nossa mente, e eles são um poderoso KPI (Indicador de desempenho).

 

Quais os benefícios de aprender sobre?

Como seres humanos somos uma explosão de sensações, emoções e sentimentos, a PNL vêm com a proposta de auxiliar na gestão desse conjunto, nos ajudando a ter inteligência emocional. A observação de “como você faz ou que faz” te permite criar estratégias para alcançar um desfecho diferente ou aprimorar ações já existentes, tudo isso para que consiga lidar da melhor forma possível com os desafios e situações inerentes a vida, de forma leve e harmoniosa.

Tão importante quanto aprender a gerir nossas emoções e ações, é aprender a lidar com as outras pessoas. Em qualquer profissão e área de nossa vida estamos cercados por pessoas e é vital que saibamos nos comunicar com elas, impor nossa percepção de mundo no outro, causa conflitos e problemas.

Portanto, compreender com qual lente as pessoas enxergam o mundo é um diferencial importante, inclusive na hora de manter equipes unidas e motivadas.

 

 Quais são alguns dos pilares da PNL?

  • Rapport: Enquanto tratava seus pacientes, Milton Erickson percebeu que sentimentos são contagiosos! O Rapport é o ato de entrar em sintonia com a pessoa com a qual queremos nos conectar. Isso acontece através do espelhamento do comportamento, tom e velocidade da voz, postura da outra pessoa, fazendo com que ela se sinta confortável e compreendida.
  • Autorresponsabilidade: Você é o ponto principal do processo! Culpar o mundo, o outro, a criação, a família, o governo, não vai te tirar do local de onde está. A única forma de mudar algo é assumindo a responsabilidade pela própria vida e escolhas.
  • Alinhamento: Suas crenças e objetivos devem estar alinhados, não adianta querer chegar em um destino e continuar trilhando um trajeto totalmente oposto.
  • Clareza: É preciso ter uma compreensão clara sobre quais são os desejos e objetivos seus, e das pessoas com as quais está ou quer interagir. Mantenha o foco naquilo que deseja, para isso direcione suas emoções, pensamentos e ações para seu objetivo. Se estiver querendo se livrar de um problema seu foco deve estar em encontrar uma solução.
  • Percepção: A realidade não existe porque ela está ligada a seus sentidos, a forma como você percebe o mundo, e a partir daí criamos o nosso mapa da realidade.
  • Resultado: Se você não estiver alcançando o resultado desejado, mude! Transforme! Faça diferente! É simples e muito falado, mas infelizmente muitas vezes não fazemos isso, apenas teimamos em fazer as coisas do mesmo jeito.

 

Como utilizar no dia a dia?

A PNL é um assunto bem abrangente, não existe um caminho fácil para sua execução, assim como em outros campos do conhecimento é necessário prática e repetição, isso porque em cada situação é possível adaptar as técnicas, nesse artigo comentamos apenas sobre uma dessas técnicas que é o Rapport, mas há muitas outras, como: ancoragem, perguntas de Metamodelo, diferenciação, acompanhamento.

Na área comercial por exemplo, é possível usar o Rapport e as perguntas de Metamodelo durante as negociações, para estabelecer uma conexão com o seu cliente, especificar e esclarecer informações a fim de compreender melhor qual a necessidade dele. Se seu objetivo é acalmar uma pessoa, você pode estabelecer o Rapport com a finalidade de através do espelhamento de seu comportamento ajudar a pessoa a relaxar.

A mente humana é fantástica, quanto mais aprendemos sobre ela, mais nos surpreendemos. Muitos estudos têm sido desenvolvidos ao longo de décadas, nos campos da Psicologia e Neurociência, com o proposito de nos ajudar a entender essa máquina e ainda há muito para se descobrir.

Nesse sentido, a PNL é mais uma ferramenta incrível que foi desenvolvida para ajudar as pessoas  a criar um mindset de sucesso, e por ter uma aplicabilidade flexível tem sido amplamente utilizada em diversos segmentos profissionais. Aqui falamos brevemente sobre a história e alguns pilares a compõe, no próximo artigo falaremos sobre como utilizar a PNL para alavancar suas vendas.

Mas nos conta, você já conhecia a PNL? Já usa no sua dia a dia? Conta para a gente aqui nos comentários!

 

Share and Enjoy !
Posts relacionados

Deixe um comentário