metas smart

Saiba o que é a Metodologia Smart e como estabelecer metas

Sharing is caring!

Estabelecer objetivos é essencial para garantir a motivação e o engajamento dos colaboradores em suas atividades, buscar por melhores resultados e, inclusive, monitorar o desempenho do time. Porém, quando os pontos não são bem estabelecidos, podem ser ignorados pela equipe ou até se tornar fonte de frustração e estresse constante. É para endereçar essas questões que as metas smart foram criadas!

A Metodologia Smart é uma forma eficiente de estabelecer objetivos e se refere a uma sigla que corresponde aos cinco princípios da prática. Portanto, o termo smart faz menção a: Specific (específica), Mensurable (mensurável), Attainable (atingível), Relevant (relevante) e Time based (temporal). Além disso, a Metodologia Smart se relaciona bastante com as metodologias ágeis de gestão de projetos, sendo um passo importante para colocar tais ferramentas e ações em prática dentro da empresa.

Quer saber quais são esses critérios e como estabelecer metas de acordo com a Metodologia Smart? Então, continue a leitura e descubra!

S: Específica

As metas Smart precisam ser específicas, ou seja, se referir a apenas um processo ou atividade da empresa. Isso é importante para que todos tenham clareza sobre o que deve ser feito para garantir que sejam cumpridas.

Para entender melhor, imagine que uma equipe de TI precisa aumentar a taxa de resolução dos tickets enviados pelos clientes. Criar uma meta para isso não reflete exatamente o que deve ser feito pelo time. Afinal, é necessário aumentar essa taxa em quanto para que a meta seja considerada atingida?

É aí que entra o S da Metodologia Smart como aliado. Segundo esse princípio, deve-se definir uma taxa de resolução de tickets específica. Portanto, se a equipe é capaz de solucionar apenas 50% no prazo estabelecido, você pode definir uma meta Smart como: “resolver 80% dos tickets enviados pelos clientes em um prazo máximo de sete dias”.

M: Mensurável

Agora, suponha que você queira melhorar a qualidade dos resultados gerados pela equipe e tenha transformado esse desejo em uma meta. Em seguida, surge o questionamento: como mensurar o aumento da qualidade?

Nesse contexto, o M da Metodologia Smart se refere à necessidade de estabelecer metas que possam ser mensuradas (principalmente por meios quantitativos). Ou seja: uma meta Smart precisa ter um indicador numérico que evidencie quando foi atingida.

No exemplo anterior, existem diversas possibilidades de transformar a meta tradicional em Smart. Você pode mensurar a satisfação do cliente por meio do NPS e, dessa forma, utilizar o indicador para evidenciar um aumento na qualidade do produto. O número de erros e bugs em um software também servirá como indicador quantitativo nesse aspecto.

A: Atingível

As metas muitas vezes são motivo de frustração e estresse para os colaboradores. Isso porque eles podem se deparar com objetivos que exigem mais do que é possível nas condições às quais estão submetidos. É o que acontece, por exemplo, em empresas que decidem duplicar suas vendas da noite para o dia, mas sem estabelecer nenhuma política ou plano de ação adicional para tanto.

É por esse motivo que uma meta Smart precisa ser atingível, ou seja, possível de ser alcançada nas condições de trabalho da empresa. Isso não significa que ela deve ser atingida com facilidade, afinal os colaboradores precisam se sentir desafiados. Metas altas e ousadas podem ser estabelecidas, desde que existam ações que viabilizem o trabalho da equipe para chegar até elas.

Portanto, no caso da empresa que deseja dobrar suas vendas, existem duas possibilidades para que a meta se encaixe na Metodologia Smart. Ela pode, por exemplo, capacitar o time, desenvolvendo habilidades de vendas nos profissionais de forma que seja viável dobrar as vendas. Também é importante começar com uma meta mais realista, como “aumentar as vendas do produto X em 30% no próximo semestre”.

R: Relevante

Segundo a Metodologia Smart, uma meta deve ser relevante, ou seja, agregar valor aos resultados do negócio como um todo. Isso significa que ela precisa estar de fato conectada ao planejamento estratégico da empresa. É fundamental estabelecer metas relacionadas à solução de problemas críticos de determinada área do negócio ou que tenham por objetivo resultados relevantes.

Portanto, voltando à área de TI, uma meta pode ser estabelecida para que os colaboradores melhorem a relação com as outras áreas da empresa. Porém, embora todos os setores devam ter uma boa comunicação, porém esta meta por si só é pouco relevante e muito difícil de ser mensurada.

Não sendo uma meta relevante, poderia desmotivar os profissionais para atingi-la, levando-a ao fracasso. Pode ser mais importante criar metas relacionadas à gestão de projetos, melhoria da qualidade dos resultados, vendas ou redução dos erros dos softwares desenvolvidos pela equipe, uma vez que têm impacto direto nos resultados do negócio.

T: Temporal

Por fim, imagine que você tenha estabelecido para o time de TI a redução em 20% do tempo necessário ao desenvolvimento de soluções. Essa é uma meta específica (pois deixa claro o que deve ser feito para atingi-la), mensurável (há um tempo de desenvolvimento dos sistemas que pode ser medido), atingível (uma vez que você implementou ferramentas de gestão de projetos e metodologias ágeis, capacitando o time para isso) e relevante, já que impacta diretamente nos resultados da área. Portanto, o que falta?

Nesse exemplo, resta definir o tempo para que a meta seja atingida, ou seja, sua temporalidade. Trata-se do último princípio da Metodologia Smart, que pode ser de um mês, trimestre, semestre e, até mesmo períodos mais longos. Entretanto, é sempre bom estabelecer metas parciais relacionadas à meta mais longa, com períodos mais curtos, para que se possa aferir se o time está caminhando na direção certa com mais frequência.

Portanto, não há problema em contar com metas de curto, médio e longo prazo. O erro é não definir a temporalidade, pois isso faz com que a equipe fique perdida em relação ao tempo necessário para alcançá-la.

Como vimos, a Metodologia Smart pode ser sua maior aliada na hora de estabelecer metas, tanto para a empresa como um todo quanto para os times e as áreas específicas do negócio. Com ela, você consegue transformar os desejos e objetivos estratégicos em metas específicas e mensuráveis, capazes de levar sua empresa ao sucesso!

Gostou de saber mais sobre as metas smart? Quer receber mais conteúdos como este diretamente no seu e-mail? Aproveite e assine nossa newsletter agora mesmo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shares