Infraestruturas da Microsoft: conheça as principais!

6 minutos para ler

Se você lida com pressão por resultados, saiba que conhecer bem as infraestruturas da Microsoft é um forma de aumentar a qualidade do trabalho. Isso porque as soluções entregues pelas ferramentas ajudam a modernizar os processos e representam camadas extras de segurança e agilidade.

O alinhamento com os recursos disponibilizados pelos softwares é fundamental para manter a organização e seguir com as etapas de maneira fluída. Depois de encontrar os benefícios que mais se encaixam com as suas necessidades, fica mais simples integrar processos e tecnologias com base em uma visão estratégica dos serviços.

Quer saber mais? Vamos mostrar as principais infraestruturas da Microsoft, neste post. Continue a leitura e confira!

 

Conheça as principais infraestruturas da Microsoft

Windows Server

O Windows Server é um sistema criado para as empresas que sentem necessidade de compartilhar os serviços com vários usuários. Além disso, também permite um controle administrativo ampliado em armazenamento de dados, informações, redes corporativas e aplicativos de modo geral.

Seu desenvolvimento teve início nos anos 1980, época em que a Microsoft produziu as linhas de sistema operacional MS-DOS e o engenheiro David Cutler criou o Kernel do Windows NT, com a intenção de proporcionar mais velocidade e segurança, além de otimizar as tarefas de grandes corporações que precisavam contar com um sistema operacional do servidor.

Um dos destaques do NT está no multiprocessamento simétrico. Esse recurso faz com que os aplicativos sejam executados de forma mais rápida nas máquinas que atuam com diversos processadores. Já as interações posteriores do Windows server conseguem ser inseridas no hardware do data center da empresa ou em nuvem.

Em versões anteriores, as soluções entregues envolviam o Active Directory, que foca no gerenciamento de dados e na segurança, distribuindo recursos e possibilitando o trabalho em conjunto com outros diretórios. Além disso, o Server Manager é um utilitário capaz de gerenciar as funções do servidor e alterar as configurações das máquinas, tanto locais quanto remotas.

 

Windows Azure

Essa plataforma representa um conjunto variado de ferramentas voltado para as demandas da computação remota. Dessa forma, as empresas e os desenvolvedores conquistam as capacidade de processamento e armazenamento dos datacenters da Microsoft, como uma estratégia alternativa no desenvolvimento do negócio.

Essa aplicação exige uma infraestrutura de computadores para que a operação seja realizada. No entanto, um fator que deve ser mencionado é que os serviços de computação em nuvem trazem um valor inicial bem inferior.

Isso acontece porque a empresa não precisa faze a contratação de especialistas para lidar com as mudanças, bastando apenas contratar as ferramentas necessárias.

O Azure é um produto que faz grande sucesso no universo corporativo. Em 2019, o seu crescimento foi de 62% somente nos últimos três meses.

 

Complexidade das operações

O programa se torna interessante até mesmo para estudantes em busca de um serviço em nuvem de qualidade, para a hora de gerenciar as suas tarefas. No uso corporativo, que é o carro-chefe do Azure, as empresa e os desenvolvedores de software podem encontrar planos que se encaixem com a complexidade de suas operações.

Entre as principais ferramentas da plataforma, estão os bancos de dados SQL, as máquinas virtuais na nuvem, a análise de dados e de IA, e o machine learning.

Outra questão que reforça seus benefícios é que, no geral, a plataforma tem uma integração muito boa com outros produtos da marca.

 

Office 365

O plano de assinaturas oferece acesso às aplicações que fazem parte do pacote Office e aos recursos de produtividade Microsoft. Todos os processos acontecem por meio da tecnologia em nuvem e é, na prática, o mesmo Microsoft que os usuários já estão habituados, mas com os benefícios de ser tudo online.

Uma das principais vantagens é o acesso à versão recente das ferramentas inclusas, sendo possível usá-la imediatamente.

Para as empresas, por exemplo, os planos do Office 365 contam com serviços mais segmentados e completos, que fazem a diferença na dinâmica do dia a dia. Os principais são Skype com conferência corporativa, hospedagem de e-mail no Exchange e limite de armazenamento adicional no One Drive.

Como resultado, as informações e os dados internos ficam muito mais seguros, e os arquivos são automaticamente sincronizados.

O sucesso da ferramenta acontece por ser uma das opções com melhor custo-benefício do mercado, o que incentiva o trabalho colaborativo de modo geral.

 

Entenda como aplicá-las na gestão de empresas e de projetos

Como as empresas estão em constante movimentação na idealização de projetos, escolher as ferramentas adequadas significa ter mais eficiência, assim como melhor aproveitamento de tempo e de recursos.

De fato, os projetos maiores passam por muitas etapas até chegarem ao resultado, e cada detalhe depende de uma série de fatores.

Os sistemas das infraestruturas da Microsoft permitem dividir o conteúdo entre todos os participantes. Usar corretamente esses sistemas interfere diretamente na redução considerável dos riscos de fracasso das iniciativas, pela capacidade de lidar melhor com imprevistos e se antecipar aos problemas.

 

Soluções completas

Essas ferramentas oferecem soluções completas, conforme o objetivo do usuário. Dessa maneira, para que tudo aconteça de maneira dinâmica, torna-se indispensável contar com uma opção que esteja integrada com os conhecimentos da equipe.

O ideal é que o conteúdo seja centralizado, com resumos de tarefas e ações para que todos os envolvidos consigam tomar decisões baseadas em dados.

Para acertar na escolha e aplicar a ferramenta corretamente, você precisa verificar qual se adapta com mais facilidade ao sistema, aos desafios da gestão e à cultura da empresa de forma geral.

Busque equilibrar as funcionalidades do software com as necessidades do time envolvido, como estratégia para evitar atrasos no cronograma e gerenciar etapas sem dificuldades na comunicação interna. Vale destacar a possibilidade de contar com um especialista em Aplicações Microsoft para integrar tecnologias, estratégias e processos que façam sentido em seu trabalho.

Agora, ficou claro quais são as principais infraestruturas da Microsoft e suas vantagens. Ao trazer esse tipo de tecnologia aos seus projetos, você ganha em segurança, confiança e resultados rápidos, conforme a expectativa dos clientes. Além disso, é indispensável contar com as melhores ferramentas possíveis para alcançar o melhor desempenho e se destacar no mercado.

Gostou das informações do artigo? Então, entre em contato com a Smart Consulting para melhorar a performance de sua empresa a partir de processos eficientes!

Share and Enjoy !
Posts relacionados

Deixe um comentário