Gestão de Dados de Clientes: como utilizar para melhorar a experiência?

6 minutos para ler

Diante de um cenário tão complexo, as empresas apostam na experiência do cliente para se destacarem da concorrência. Para que isso seja possível, de maneira eficiente, a gestão de dados de clientes é fundamental, com o adicional de recursos tecnológicos que fazem toda a diferença.

Ao ter um software focado em centralizar os dados e tratá-los com o objetivo de despertar insights, ações personalizadas são implementadas e criam um relacionamento de confiança com o consumidor.

Só assim será possível ter uma perspectiva do mercado, baseada em alcançar o cliente no momento certo. Quer saber mais? Vamos falar sobre a gestão de dados de clientes. Acompanhe!

 

Entenda a importância da gestão de dados

Quando se fala em experiência do cliente, torna-se necessário entender que entregar qualidade vai muito além de ter um serviço eficiente e preços competitivos. Esse processo, na verdade, consiste em manter um relacionamento de confiança que traga engajamento e fidelização em longo prazo. Dentro deste contexto, a gestão de dados representa a possibilidade de identificar realmente o que os clientes desejam e suas expectativas em relação à empresa.

O olhar genérico para o mercado sai de cena e entra uma estratégica segmentada, que traz resultados mais eficientes. O grande segredo é ter consciência de que os dados são instrumentos valiosos e, quando trabalhados com inteligência, geram insights muito agregadores, permitindo criar soluções bem direcionadas e capazes de trazer mais segurança em todos os processos envolvidos.

 

Redução de custos e falhas

Reduzir custos e falhas são parte do plano principal de qualquer empresa. Apesar de existirem muitas estratégias focadas neste tipo de problema, contar com a automatização se mostra fundamental na hora unificar todos os dados de clientes, para que a experiência com sua empresa seja única. Afinal de contas, só é possível melhorar processos quando se conhece a fundo cada detalhe da operação, os principais desafios e o que pode ser reduzido nos custos.

A gestão de dados e a experiência do cliente se cruzam, especialmente, na possibilidade de vender mais. Além disso, quando estão muito satisfeitos com o relacionamento, os clientes indicam sua empresa para outras pessoas. Em uma linha estreita que guia o planejamento, esses dados mostram no que realmente vale a pena investir e permitem interromper ações que não estão dando certo, antes que se perca dinheiro.

 

Relação entre gestão de dados e experiência do cliente

Com uma boa gestão de dados, fica mais simples descobrir quais são os produtos mais vendidos, o perfil dos consumidores, trazer soluções interessantes para sanar possíveis experiências ruins com a marca anteriormente e a maneira que preferem realizar suas compras.

O melhor caminho, nesse caso, é identificar quais são as preferências para criar estratégias que possam surpreendê-los. Por exemplo, se os dados revelam que os clientes preferem o atendimento por um determinado meio, cabe aos gestores solucionarem todas as dificuldades e aprimorar as preferências para uma comunicação mais otimizada.

Tudo se baseia em proporcionar uma experiência cada vez mais personalizada, com uma infraestrutura dinâmica e completa. O objetivo é ter um olhar completo das expectativas para conseguir cumprir metas, não só com números, mas também criar um universo completo de oportunidades para o crescimento sustentável da empresa.

 

Insights para aumento da satisfação

Durante vários momentos de sua jornada de compra, o cliente gera dados importantíssimos para a empresa. Esses dados precisam ser coletados em todas as interações com os clientes, o que inclui visitas ao site, compras em pontos físicos, programa de fidelidade, assinatura de newsletter, interações em redes sociais, entre outros.

A principal questão é que, na maioria das companhias, essas informações podem até ser coletadas, mas ficam restritas aos seus departamentos e, como consequência, acabam perdendo grande parte do seu potencial. Por este motivo, os insights são fundamentais, já que de nada adianta coletar dados da maneira incorreta ou não enxergar a melhor forma de usá-los.

 

Como personalizar o relacionamento com o cliente

O Dynamics 365 Customer Insights permite personalizar o relacionamento com o cliente e ter uma visão 360 de todas as preferências, práticas e objetivos. Diante de tanta complexidade na realização do trabalho, é muito importante que sua empresa tenha um software para centralizar os dados dos clientes e avaliá-los especificamente. Isso traz insights e recomendações preditivas, que são baseadas em machine learning e inteligência artificial.

Esses dados podem ser centralizados conforme diversos canais de contato, e o comportamento desse cliente se torna muito mais claro. Veja a seguir alguns exemplos do que pode ser avaliado:

  • comportamento nas redes sociais;
  • relação com o SAC, chatbot ou callcenter;
  • identificação de novas fontes de receita para o cliente explorar;
  • personificar ações, conforme as necessidades reais do cliente;
  • definir se as ações são escaláveis e assertivas;
  • se atingem o cliente no momento certo.

 

Ações personalizadas

Os modelos de inteligência artificial e machine learning trazem os insights, para que possam ter utilização imediata em ações personalizadas. Essas ações precisam entender a estratégia de abordagem desse cliente, para que ele receba as ofertas de comunicação no momento adequado, criando um relacionamento de confiança e uma imagem positiva da empresa.

Em função disso, esse relacionamento, que é tão buscado no mercado hoje em dia, alcança um nível pessoal. Vale ressaltar também que o Customer Insights apresenta soluções flexíveis. Isso porque o ponto de partida pode ter uma série de direções, como a área de marketing, vendas ou relacionamento, com índices mais exatos, por se basear em dados comportamentais e hábitos de consumo.

O seu funcionamento se baseia em obter dados, avaliar o perfil do cliente, fazer um mapeamento, definir atividades, relacionamentos, enriquecimento, definir medidas e definir segmentos. Assim, ao enriquecer a fonte de dados, fica muito mais simples tomar decisões rápidas, garantindo segurança e privacidade em conformidade com a LGPD e alto nível de governança.

Agora ficou claro como a gestão de dados de clientes é indispensável para trazer uma experiência única ao seu cliente. A automação desses processos se mostra o principal caminho na busca de um relacionamento duradouro, que permite um atendimento personalizado na medida certa.

Gostou das informações do artigo? Então, entre em contato com a Smart Consulting e conheça processos eficientes e sistemas focados em projetos de qualidade.

Share and Enjoy !
Posts relacionados

Deixe um comentário