Vírus

COVID-19: Como a Tecnologia pode ajudar no gerenciamento de crises?

Sharing is caring!

Nós estamos vivendo uma situação sem precedentes na história mundial, que necessita um gerenciamento de crise eficiente.

A humanidade já passou por situações muito mais graves, com perdas humanas muito mais substanciais, como as Grandes Guerras, a Peste Negra, Gripe Espanhola…, a lista é longa… Mas nunca a humanidade vivenciou uma medida tão dura e rápida com relação à circulação de pessoas, ainda mais se considerarmos o mundo super conectado de hoje.

Até agora, as medidas de contenção, embora duras, mas têm se mostrado eficazes, reduzindo as fatalidades, o que é o mais importante.

Mas estas medidas têm causado muita ansiedade, dúvidas e necessidade de atendimento especial para vários negócios e para a administração pública. Diversas centrais de atendimento estão sob grande stress, causado pelo repentino bloqueio da atividade econômica, tendo de lidar com um grande volume de dúvidas a responder, cancelamentos e reagendamentos de viagens e serviços e reprogramação de produção, o que acarreta grandes filas de espera e frustração nos clientes e cidadãos.

O consolo é que hoje em dia, nós contamos com um arsenal tecnológico que permite uma reação rápida às novas demandas e diminuir o impacto destes problemas.

As aplicações em nuvem nos permitem:

Análise em Tempo Real de Informações de Gerenciamento de Crise

A World Health Organization disponibilizou rapidamente um mapa interativo que permite a qualquer cidadão acompanhar a evolução da COVID-19, desenvolvido em Power BI.

Dashboard Novo Coronavírus

Ou seja, com plataformas para análise e visualização de dados e inteligência artificial, as empresas e governos podem rapidamente criar novas análises e disponibilizar informações para lidar com situações sem precedentes.

Como as análises são feitas em servidores em nuvem, podemos rapidamente aumentar a capacidade de processamento e, após a crise, libera-la, sem a necessidade de comprar equipamentos.

Baixe o infográfico Dynamics 365Powered by Rock Convert

Aplicações para Gestão de Crises

Utilizando plataformas low-code/no-code, como o Microsoft PowerApps, é possível construir rapidamente aplicações de negócio e criar workflows ou novos processos de negócio.

Por exemplo, a Microsoft desenvolveu em alguns dias um modelo de aplicativo para gestão de crises:

Utilizando este tipo de plataforma, é possível construir rapidamente novas telas de atendimento e readequar processos, melhorando a produtividade das equipes e evitando erros com processos manuais.

Bots, Chatbots ou Robôs de Atendimento

É possível criar bots de atendimento para responder as dúvidas mais simples, liberando tempo da equipe de atendimento para a resolução dos casos mais complexos, bem como rotinas de atendimento mais complexas.

Rotinas de atendimento mais complexas, como a solicitação de cancelamentos, reagendamentos e triagem de serviços podem ser implementadas rapidamente utilizando plataformas em nuvem, como o Power Virtual Agents, Azure Bot Framework.

Utilizando ferramentas de integração em nuvem, como Flows e o LogicApps, podemos trazer informações de outros sistemas para estes robôs.

Outra característica interessante é que os bots podem realizar o atendimento em diversos canais, como interfaces de chat, Facebook, Twitter e Whatsapp.

Páginas de Atendimento

Com frameworks para a configuração de portais é possível criar FAQs, formulários para captura de informações e Portais de Auto-Atendimento. Por exemplo, o PowerApps Portals possui vários modelos que permitem o rápido desenvolvimento de um portal.

Conclusão

As tecnologias atuais em nuvem permitem que a gente provisione infraestrutura de forma online, o que permite construir rapidamente soluções para o atendimento mais rápido e eficiente e aumentar a capacidade de nossos times para responder a crises.

Deixe seu comentário e se você precisar de algum apoio, não hesite em nos contatar, temos um time dedicado para responder a esta crise.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shares